Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2021
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
26°
15°
17°C
Espumoso/RS
Tempo limpo
No ar: Sertanejo Classe A
Ao Vivo: Sertanejo Classe A
Bom Dia Líder

Famurs questiona obrigatoriedade de passaporte vacinal

Famurs questiona obrigatoriedade de passaporte vacinal
20.10.2021 07h41  /  Postado por: Roger Nicolini

A vigência, desde segunda-feira, do decreto do governo gaúcho que estabelece a apresentação do passaporte vacinal para o ingresso em cinco setores de atividades, como as de entretenimento, pressionará estabelecimentos e prefeituras no Rio Grande do Sul. Prefeitos como o de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), e a de Novo Hamburgo, Fátima Daudt (PSDB), afirmam que não têm servidores e capacidade suficientes para promover a fiscalização, especialmente considerando eventos privados, como festas de aniversário e casamentos, por exemplo. E não são os únicos. A saída, então, segundo eles, será a fiscalização por meio de amostragem, denúncias e também com a realização de trabalho de conscientização da população.

Ciente das dificuldades dos gestores municipais, o presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, entrou em contato com os secretários da Casa Civil, Artur Lemos, e da Saúde, Arita Bergmann. Segundo Bonotto, o entendimento jurídico da Famurs, ao avaliar o decreto, é o de que os prefeitos têm autonomia para tomar as decisões. “Há um artigo no decreto que sustenta que os municípios poderão realizar a cobrança, não que deverão. Por isso acreditamos que há autonomia dos prefeitos”, disse Bonotto, em entrevista ao programa ‘Esfera Pública’, da Rádio Guaíba.

O governo gaúcho, no entanto, discorda da interpretação e destaca que a fiscalização é obrigatória, o que deixará, mais uma vez, ala de prefeitos insatisfeitos com a falta de autonomia. Segundo o governador Eduardo Leite (PSDB), a fiscalização e a cobrança ocorrerão, assim como sanções e punições em casos de desobediência.

Fonte: Correio do Povo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.