Segunda-feira, 20 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
32°
19°
19°C
Espumoso/RS
Parcialmente nublado
No ar: Bom Dia Líder
Ao Vivo: Bom Dia Líder
Geral

Ex-presidente do Peru pode ficar até 18 meses em prisão preventiva

Ex-presidente do Peru pode ficar até 18 meses em prisão preventiva
15.03.2021 07h53  /  Postado por: Luzia Camargo

Martín Vizcarra está sendo acusado de ter recebido propinas de empresas de construção civil quando ainda era governador de Moquegua.

O Ministério Público do Peru pediu 18 meses meses de prisão preventiva para o ex-presidente Martín Vizcarra, que está sendo investigado por supostamente ter recebido 2,3 milhões de sóis em propinas entre 2013 e 2014, quando ainda era governador de Moquegua. O dinheiro teria vindo de empresas de construção encarregadas do projeto de um hospital e de um sistema de irrigação. A medida foi solicitada pelo procurador Germán Juarez em uma operação similar à Lava Jato, que já havia aberto uma investigação preliminar sobre Vizcarra em outubro de 2020. O então presidente era suspeito de ter cometido os crimes de suborno e conluio em detrimento do Estado. Na ocasião, o Congresso Nacional, dominado pela oposição, cassou o mandato de Vizcarra por “incapacidade moral”.

 

Foto: EFE/Ernesto Arias

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.