Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
27°
19°
24°C
Espumoso/RS
Parcialmente nublado
No ar: Batidão da Líder
Ao Vivo: Batidão da Líder
Bom Dia Líder

Prefeitura de Cruz Alta estabelece toque de recolher após aumento nos casos de coronavírus

Hospitais da cidade estão com as UTIs praticamente lotadas
Prefeitura de Cruz Alta estabelece toque de recolher após aumento nos casos de coronavírus
31.10.2020 07h06  /  Postado por: Roger Nicolini

A prefeitura de Cruz Alta, no Norte do RS, decretou, na última quarta-feira (28), toque de recolher nas vias públicas da cidade. Segundo o município, o aumento do número de casos de coronavírus e o crescimento nas internações nos hospitais, principalmente por moradores da cidade, motivaram a medida. As UTIs das duas instituições que atendem pacientes com a covid-19 estão praticamente lotadas. Pelo mapa preliminar do sistema de distanciamento controlado do governo do Estado, a região de Cruz Alta está classificada na bandeira vermelha.

Pelo decreto, está proibida a circulação de pessoas em vias públicas das 21h30 até as 5h, exceto para a circulação dos trabalhadores da área da saúde, assistência social e segurança, e salvo nos casos de comprovada necessidade ou urgência. A medida também tem validade para o comércio e restaurantes, sendo vedado inclusive o funcionamento pelo sistema de take away (pague e leve). Porém, o atendimento por telentrega está mantido.

Podem seguir abertas as farmácias, postos de combustíveis, hotéis, estação rodoviária, transporte individual e coletivo, serviços de saúde, construção civil e a indústria.

O prefeito de Cruz Alta, Vilson Roberto Bastos dos Santos, afirma que foi necessária a publicação do decreto pelo quadro atual na região, principalmente pela quantidade de infectados que são residentes do município.

— Essa é a primeira vez desde que começou a pandemia que temos tantas pessoas de Cruz Alta infectadas. Antes, era mais dividido, com muitos pacientes de outras cidades vizinhas. Agora, isso mudou e vem crescendo a cada dia. Já precisamos, ontem (quinta-feira) transferir cinco pessoas para outros hospitais por falta de leitos locais — revelou o prefeito.

Nesta sexta-feira (30), as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) dos dois hospitais da cidade – um público e outro privado – estão praticamente lotadas. De acordo com a prefeitura, o Hospital São Vicente de Paulo, que atende pelo SUS, está com 95% da capacidade de internação.

Para o feriado, a Brigada Militar e fiscais do município irão realizar ações de fiscalização para evitar aglomerações e descumprimento do decreto.

Além destas medidas, a prefeitura manteve a suspensão das aulas presenciais para escolas da rede municipal e estadual. As atividades não chegaram a retornar na cidade antes do aumento dos casos de coronavírus. As escolas infantis da rede privada seguem abertas, mas segundo a prefeitura, contam com baixo número de alunos.

Fonte: Gaúcha ZH

Foto: Divulgação

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.