Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
23°
10°
14°C
Espumoso/RS
Tempo limpo
No ar: Sertanejo Classe A
Ao Vivo: Sertanejo Classe A
Notícias

Audiência pública discute o uso de energias renováveis no Estado

Audiência pública discute o uso de energias renováveis no Estado
29.07.2020 06h54  /  Postado por: Roger Nicolini

O secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, e o diretor do Departamento de Energia da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), Eberson Silveira, participaram de uma audiência pública on-line na tarde desta segunda-feira (27/7) que discutiu o uso de energias renováveis no Rio Grande do Sul.

O encontro, promovido pela Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo da Assembleia Legislativa, reuniu membros da sociedade civil e do governo. Segundo Lemos, reunir entidades é uma das ferramentas para propor o diálogo, debatendo a efetividade do trabalho e o avanço na busca por equilíbrio.

O secretário destacou que a maior parcela da energia do Estado, 51%, é proveniente da geração hídrica, e 21% de energia eólica. “Somente em 2019, 93% da energia gerada teve origem na energia renovável. Estamos efetivamente cumprindo com o trabalho que nos foi proposto quando integramos as pastas de meio ambiente e infraestrutura: pensar no planejamento e nas ferramentas para sua efetivação”, destacou Lemos.

Segundo o presidente da comissão, Sebastião Melo, as energias renováveis são opções seguras para o desenvolvimento, e o governo pretende avançar no assunto. Para o mês de agosto, está previsto o lançamento de um programa em parceria com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) focado no fomento de investimentos eólicos.

Neste sentido, a Sema, juntamente com a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), tem atuado em um comitê para acompanhar os empreendimentos considerados estratégicos ao Estado, como é o caso das linhas de transmissão (LTs) de energia. No ano passado a Fepam emitiu 49 documentos para o setor. Em 2020, até o momento, foram quatro licenças prévias (LP) e 15 licenças de instalação (LI) emitidas, o que resultou na antecipação do cronograma de obras em quase dois anos com relação ao prazo previsto no leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Silveira finalizou o evento lembrando que o Estado é um dos precursores no Brasil no quesito energia, com cerca de 80% de instalações renováveis. O Departamento de Energia desenvolveu um Atlas Eólico, disponível aqui, e já trabalha na construção de um Atlas de Recursos Hídricos e Energéticos. “Esse trabalho mostra que somos proativos na questão das renováveis, não só pela matriz, mas pelo envolvimento e planejamento de efetivação, buscando atrair investimentos no segmento”, destacou

Fonte e foto: Ascom Governo RS

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.