Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
23°
13°
23°C
Espumoso/RS
Parcialmente nublado
No ar: Batidão da Líder
Ao Vivo: Batidão da Líder
Notícias

Justiça decreta prisão de motorista envolvido em acidente com morte de pai e filho em Marques de Souza

Uma das vítimas é um bebê de sete meses, que chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos
Justiça decreta prisão de motorista envolvido em acidente com morte de pai e filho em Marques de Souza
24.06.2019 06h34  /  Postado por: Roger Nicolini

A Justiça decretou a prisão preventiva de motorista envolvido em acidente na BR-386, em Marques de Souza, no Vale do Taquari, que acabou com a morte de pai e filho neste domingo (23). A decisão é do juiz Luís Antônio de Abreu Johnson, da comarca de Lajeado. O motorista, identificado como Marcos Alciones Weiss, 42 anos, dirigia um Citroën C4, com placas de Lajeado, que bateu de frente contra um Chevette, com placas de Canoas, que transportava uma família.

Morreram o condutor do Chevette, Adriano Scramozzini, de 35 anos, e um dos filhos dele, um bebê de sete meses, que chegou a receber atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos. A mulher de Scramozzini e outro filho do casal, de 17 anos, estão internados em estado regular no Hospital Bruno Born.

O motorista do C4 não quis atendimento médico e se negou a fazer teste para verificar possível embriaguez. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado de trânsito e está detido no Presídio Estadual de Lajeado.

Na sentença onde converte a prisão em flagrante em preventiva, o magistrado afirma que os agentes da Polícia Rodoviária (PRF) relataram, segundo o juiz, que o motorista apresentava sinais de embriaguez, como “fala arrastada, olhos avermelhados e hálito etílico”.

“O teste do etilômetro não apresentou resultado, eis que o consoante certificado pela autoridade de trânsito, o flagrado recusou-se a se submeter a perícia, admitindo, no entanto, haver ingerido cerveja, tendo a mesma autoridade certificado nos autos que Marcos Alciones Weiss apresentava fala alterada, dificuldade de equilíbrio, dispersivo, olhos vermelhos, concluindo que estava com capacidade psicomotora alterada em decorrência da influência de álcool”, diz trecho da decisão.

O juiz também ordenou a suspensão da permissão ou habilitação do detido dirigir automóveis “até a solução final do processo”. Weiss segue preso no Presídio Estadual de Lajeado. GaúchaZH tenta localizar a defesa dele, mas não obteve retorno até o momento.

Conforme familiares das vítimas que estavam no Chevette, a família estava viajando para Saudade do Iguaçu, no Paraná, onde residem parentes de Adriano. Motorista de caminhão, ele estava prestes a começar novo trabalho e estaria indo ao Paraná para rever a família e resolver questões de documentos que estava precisando.

Fonte Gaúcha ZH

Foto: PRF Lajeado

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.