Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Telefone: (54) 3383 3600
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
31°
15°
15°C
Espumoso/RS
Noite clara
No ar: Bom Dia Líder
Ao Vivo: Bom Dia Líder
Bom Dia Líder

Primeiro semestre teve 21 mortes nas estradas atendidas pela 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal

Primeiro semestre teve 21 mortes nas estradas atendidas pela 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal
11.07.2018 07h03  /  Postado por: Roger Nicolini

A Polícia Rodoviária Federal divulgou, nesta segunda-feira (09), o balanço referente ao trabalho realizado no primeiro semestre de 2018 no trecho de competência da 4a Delegacia, entre Vitor Graeff e Nova Santa Rita, na BR-386, além de parte da BR-470.

Educação para o Trânsito

O trabalho com a educação para o trânsito continua sendo um dos principais objetivos da PRF, sendo desenvolvidas ações como abordagens educativas e palestras em empresas e escolas. Os motoristas – e futuros motoristas – são orientados sobre a importância de ter sempre atitudes prudentes e responsáveis ao conduzir um veículo, obedecendo às normas de trânsito e respeitando a vida. No primeiro semestre deste ano, foram atendidas mais de 4 mil pessoas, entre adultos e crianças.

Fiscalizações

Ao longo do semestre, houve a fiscalização de 14.885 veículos e 15.501 pessoas, e foram aplicados 4.324 autos de infração. Destes, 52 ocorreram pelo fato de os condutores estarem dirigindo sob a influência de álcool, 379 pela falta do uso do cinto de segurança ou cadeirinha e 343 por ultrapassagens forçadas e/ou em local proibido, uma das principais causas de acidentes com morte nas rodovias. Nesses dados não constam as autuações por radar, as quais chegaram à marca de 8.618.

Acidentes

No primeiro semestre de 2018, houve o registro de 181 acidentes, dos quais restaram 174 feridos leves, 45 feridos graves e 21 mortos. No mesmo período de 2017, foram registrados 366 acidentes, com 266 feridos leves, 46 feridos graves e 16 mortos. Percebe-se que a quantidade de acidentes e o número de feridos diminuiu significativamente, porém o número de mortes aumentou. Uma das possíveis causas para isso pode estar na maior violência dos acidentes, por sua vez gerada, principalmente, pela imprudência dos motoristas.

Prisões/Apreensões

Entre 1º de janeiro e 30 de junho deste ano, 69 pessoas foram detidas e 13 veículos foram recuperados. As apreensões de drogas e cigarros foram superiores ao mesmo período do ano passado:

Maconha –  6.216 kg no 1º semestre de 2018 / 775 kg no 1º semestre de 2017

Cigarros – 477 mil maços no 1º semestre de 2018 / 5 mil maços no 1º semestre de 2017

Também ocorreu a apreensão de 25 kg de cocaína, 50 kg de crack e 10 unidades de ecstasy, além de bebidas e eletrônicos.

De acordo com o Chefe da 4a Delegacia da PRF, Paulo Reni da Silva, a PRF continuará combatendo o crime e trabalhando em ações de fiscalização e educação para o trânsito, visando sempre à redução do número e da gravidade dos acidentes, e à segurança de todos os usuários da rodovia.

Paulo Reni também fez questão de agradecer o apoio da imprensa na divulgação das informações, e solicitou que se mantenha tal trabalho, objetivando alertar motoristas sobre os riscos na rodovia e os cuidados a serem tomados.

Fonte e foto: ASCOM 4ª Delegacia da PRF

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.