Segunda-feira, 20 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3383 3400
Whatsapp: (54) 9 9999-7374
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
32°
19°
22°C
Espumoso/RS
Parcialmente nublado
No ar: Café da Líder
Ao Vivo: Café da Líder
Região

Celebridades recusam bafômetro em blitz da Lei Seca e têm CNH apreendidas

Celebridades recusam bafômetro em blitz da Lei Seca e têm CNH apreendidas
03.02.2012 12h38  /  Postado por: upside

A Operação Lei Seca do Rio de Janeiro está flagrando muita gente depois de ter bebido um pouquinho e pegado o carro. Conheça as celebridades que caíram em blitz neste ano e ainda recusaram o teste do bafômetro. Este tipo de infração é considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro e rende multas altíssimas, além de muitos pontos na carteira.  Carolina FerrazNa madrugada desta quinta-feira, dia 2, foi a vez de Carolina Ferraz cair em uma blitz na Avenida Nossa Senhora de Copacabana. A atriz se recusou a fazer o teste do bafômetro e teve a carteira de motorista apreendida. De acordo com o governo do Rio, a punição é uma multa de R$ 957,70 e perda de 7 pontos na carteira. Carolina não teve o carro apreendido porque outro motorista em corretas condições se ofereceu para dirigir.Daniele HypolitoMesmo sendo atleta e evitando álcool, no dia 24 de janeiro, a ginasta Daniele Hypolito foi abordada por agentes da Operação Lei Seca em uma blitz no Leblon e evitou o bafômetro, negando a necessidade. Além disso, Daniele também não apresentou sua carteira de motorista, aumentando ainda mais sua punição. O governo a puniu com uma multa no valor de R$ 1.010,90. Foram cerca de R$ 53,20 por não portar a habilitação e R$ 957,50 por se recusar a fazer o teste do etilômetro. Daniele também perdeu 10 pontos na carteira.Diego SouzaOutro atleta também caiu em uma blitz no Rio de Janeiro e se negou a fazer o bafômetro. Diego Souza, jogador do Vasco, teve sua carteira de habilitação apreendida, perdeu sete pontos na habilitação e terá que pagar uma multa no valor de R$ 957,70. O jogador estava na Avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, quando foi parado pela Operação Lei Seca e só foi liberado depois de apresentar um condutor habilitado para dirigir seu veículo.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.